Quando abrimos a mente para o impossível, às vezes descobrimos a verdade.

Posted 1 February 2012, 2 years ago
Ele não é o tipo de pessoa que você pode ignorar. Ainda não descobri se isso tem a ver com o ar de dono do mundo que ele ostenta sem dificuldade ou o orgulho palpável que o acompanha em qualquer lugar. Ele é o tipo de garoto frio que passa por perto e aquece o fundinho da sua alma que estava gelado e você nem lembrava. Não se importa a opinião alheia, nem fica preso a coisas mórbidas do dia a dia. Passou? Ótimo, segue em frente. Não deu certo? Paciência. Falando em paciência, é algo que você jamais pode perder com ele. Porque ele tem aquela mania irritante de agir como se o mundo inteiro devesse o esperar. Além do mais, você nunca sabe o que esperar. Ele é um surpresa por dia. Ou um doce, ou... bem, nem tanto. Conquistar a confiança e o carinho dele leva tempo, mas depois que o tem, se sinta privilegiado. Acaba de conseguir o amigo mais fiel, que está sempre disposto a passar por qualquer situação com você. Tem um gosto caro e refinado. E, digamos que pode ser um pouquinho... prepotente. Não existem essas coisas de meio termo. Não existe essa coisa de fazer o que não quer. Ele sempre tem o que quer. Está sempre certo. Mesmo que seja do seu jeito arrogante e meio indiferente, com aquela teimosia costumeira. Ou até mesmo quando o sarcasmo o acompanha, e sua mania de exagero se manifesta. Você tem duas opções: ou o ama, ou o odeia. Ah, mas o odiar é um caminho sem volta. Afinal, ele é só um cara vingativo e frio, que não se importa em te derrubar caso você se mostre um obstáculo em sua jornada ao sucesso. Ele é só um garoto cheio de defeitos. Só um garoto perfeito.
Then when it's over, it's gone, you almost wish you could have all that bad stuff back, so that you can have the good
Just a fallen angel
What doesn't kill you makes you stronger
theme by affectingyou « don't copy and don't remove this tag »
[...] I can't stand how much I need you.
And I hate how much I love you, [...]